Perguntas Frequentes

  • Qualquer paciente pode fazer cirurgia a laser?

    Não, o paciente candidato à cirurgia a laser deverá consultar com oftalmologista, que vai examiná-lo e realizar vários exames pré-operatórios para descartar contraindicações para a cirurgia. Os pacientes que apresentarem doenças do colágeno (lúpus, artrite reumatoide, ceratocone, herpes corneal, SIDA, ou doenças autoimunes) não serão candidatos para essa cirurgia.

  • A partir de que idade pode ser realizada a cirurgia?

    A partir dos 21 anos, mas em alguns casos pode ser realizada em pacientes mais jovens – por motivos profissionais por exemplo (pilotos, policiais, bombeiros…).

  • Como funciona o laser no olho?

    O laser atinge o olho provocando uma ablação (retirada de tecido) que fará uma moldagem na córnea, alterando e corrigindo o grau do paciente. A energia do laser é aplicada de forma segura e muito precisa – não há riscos de atingir outras estruturas do olho ou mesmo fora do olho –, e sua aplicação é programada e controlada por um computador durante a cirurgia.

  • O laser afeta outras partes do olho?

    Não, o laser atua exclusivamente na parte externa do olho – na córnea, e não penetra no interior do olho. O tratamento com laser não dificultará ou modificará a atuação do cirurgião se no futuro o paciente necessitar qualquer outra cirurgia ocular.

  • Quanto tempo dura a cirurgia?

    Dura em torno de 20 minutos, o paciente é posicionado e o olho é preparado para a aplicação do laser – esse preparo varia com a técnica utilizada, Lasik ou PRK. A aplicação do laser propriamente dita leva alguns segundos, dependendo do grau operado.

  • Quantas vezes eu terei de ser examinado (quantas consultas) após a cirurgia?

    Todos pacientes serão examinados no dia seguinte a cirurgia.

  • Quando poderei dirigir carro após a cirurgia?

    O paciente não poderá dirigir no dia do procedimento cirúrgico e recomenda-se que evite nas 72 horas seguintes. Quando se sentir seguro de que sua acuidade visual estará liberado para dirigir com segurança.

  • Quando poderei reiniciar exercícios físicos e esportes após a cirurgia?

    Esportes que não envolvam contato físico podem ser reiniciados assim que se sentir bem, mas é sempre recomendado o uso de protetores oculares em esportes com raquetes ou outros com risco de trauma ocular direto.

    Esportes aquáticos são recomendados um mês após a cirurgia.

  • Sentirei dor durante a operação? E após a cirurgia?

    Durante a cirurgia, o paciente não sente dor, sentirá apenas sensação de pressão causada pelos aparelhos que imobilizam o olho e notará que a luz desaparece por alguns segundos. Poderá sentir leve ardor nas horas seguintes à cirurgia.

  • Em quanto tempo voltarei a vida normal e ao trabalho?

    Após a cirurgia, o paciente deve permanecer em casa e descansar por 24 horas. Depende do número de dioptrias corrigidas e o tipo de defeito, a recuperação é mais ou menos rápida, mas geralmente a maioria dos pacientes podem retornar ao seu trabalho e às suas atividades em 48-72 horas após a cirurgia.

  • Que cuidados devo ter no pós-operatório?

    O paciente utilizará colírios (antibióticos e anti-inflamatórios) para a prevenção de infecção e/ou inflamação. Nos primeiros dias de pós-operatório, deverá evitar lugares fechados ou com aglomerações – bares fechados, cinemas, restaurantes, avião, ônibus… – pelo risco de infecção. É contraindicado esfregar os olhos nos primeiros meses após a cirurgia.