Cirurgia Lasik

A visão é responsável por 80% da informação do universo que nos cerca. Muitas pessoas necessitam de óculos ou lentes de contato para compensar erros refracionais. Apesar de solucionar o problema de maneira simples e não invasiva, óculos e lentes de contato podem dificultar o exercício pleno de algumas atividades como ir à praia, nadar e praticar esportes. Além disso, geram uma dependência e insegurança, pois se os óculos quebrarem ou a lente de contato for danificada ou mesmo perdida durante uma viagem, por exemplo, causará muito transtorno. Óculos e lentes de contato impõem ainda limitações estéticas e um custo elevado se somados os gastos ao longo dos anos com sua troca e manutenção.

Feita sob anestesia local, com uso de colírio (imagem 1), um instrumento chamado microcerátomo levanta uma fina camada da córnea “flap” (imagem 2, 3 e 4), através do Excimer Laser, e, assim, a córnea é remodelada (figura 5 e 6), tornando-se mais plana para a correção da Miopia, mais esférica para o Astigmatismo e mais curva para a Hipermetropia. Após esse processo, a camada é reposicionada (imagem 7, 8 e 9), sem necessidade de pontos. A cirurgia é executada na parte interna da córnea. Isto significa menor superfície a cicatrizar, menor risco de embaçamento e desconforto no pós-operatório.

O Lasik é uma avançada técnica cirúrgica que possibilita ao cirurgião tornar o procedimento rápido e indolor, podendo ser utilizada para corrigir miopia, hipermetropia e astigmatismo. A correção do astigmatismo será realizada no mesmo ato cirúrgico quando este estiver associado à miopia ou à hipermetropia.